terça-feira, 13 de novembro de 2012

Eu quero

Eu quero comprar CDs novos.
Eu quero seguir estudando francês.
Eu quero acordar cedo para me alimentar bem e talvez fazer exercícios.
Eu quero virar a noite bebendo em um bar, só a dois.
Eu quero virar a noite conversando com muitos amigos.
Eu quero ir a uma festa curtir rock’n roll.
Eu quero fazer roda punk.
Eu quero me virar e dizer “oi”.
Eu quero ter um milhão de amigos.
Eu quero ficar o dia inteiro sem ter que falar com ninguém.
Eu quero passar o dia todo sem ter que sorrir para ninguém.
Eu quero ficar quieto.
Eu quero dar um discurso libertador.
Eu quero ser o novo Syd Barrett.
Eu quero cometer suicídio aos 27 anos.
Eu quero vida longa.
Eu quero voltar a viver com 30 reais por mês.
Eu quero comprar todos os filmes do Bergman, do Truffaut, do Godard, do Chaplin e do Billy Wilder.
Eu quero ser eternamente livre, sem filhos nem mulher fixa.
Eu quero constituir uma família estruturada com uma mulher bacana e pelo menos quatro filhos.
Eu quero ficar milionário.
Eu sou contra a tecnologia.
Eu quero postar neste blog todos os dias.
Eu quero mudar o mundo.
Eu quero viver só para mim, esquecendo o resto do mundo.
Eu quero ficar o resto da vida sem ouvir rock pesado, só blues, MPB, samba e rock anos 60.
Eu quero ir ao show do Iron Maiden no Rock in Rio.
Eu quero que ninguém mais passe fome nesse planeta.
Eu quero passar todos os meus dias ao lado dela.
Eu quero ignorar.
Eu quero seguir a palavra de Deus.
Eu quero diversão.
Eu quero reflexão.
Eu quero ficar mais saudável.
Eu quero ser surfista e morar na praia.
Eu quero almoçar muito churrasco com Coca Cola e maionese.
Eu quero estudar história.
Eu quero morar em Paris ou em Londres.
Eu quero ficar mais perto da minha família.
Eu quero estudar filosofia.
Eu quero ir a um CTG vestido de gauchão.
Eu quero ir a um show de metal e sair todo quebrado da roda punk.
Eu quero morar em Porto Alegre.
Eu quero morar em Cachoeira do Sul.
Eu quero jogar futebol.
Eu quero ser gordo como o Jim Morrison no fim da vida.
Eu quero envelhecer magro como o Mick Jagger.
Eu quero comer e beber de tudo.
Eu quero estudar astronomia.
Eu quero viajar para a lua.
Eu quero estudar jornalismo.
Eu quero trabalhar em uma livraria.

Queremos tanto e acabaremos a vida com quase nada.

Um comentário:

Rafael Crumenauer disse...

Me arrisco a dizer que se/quando voltar irá acumular muitos "eu quero" além dos supracitados.

É a vida...